#Shakespeare meu “kirido”!

“Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor” – William Shakespeare

Sou ousada e sabe como vou provar isso para você? Discordando de Shakespeare.

Que absurdo, lutar pelo amor não é bom!

Quando ouço a expressão “luta” imagino duas mulheres descabeladas, alguém soltando as tripas pela barriga, um homem cambaleando ou então o Brad Pitt, quer dizer, Aquiles, com uma armadura de ferro sendo atingido no calcanhar. Quem já assistiu algum filme de guerra sabe o que é luta…

Vai por mim, se você precisa lutar para ter o amor de alguém, tem algo errado aí viu! Ou você não chamou a atenção o suficiente ou ele(a) não está interessado. Continuar lendo

Anúncios

Ser apaixonado

love

o ser apaixonado é o mais desajeitado

também se sente rejeitado

mas pudera, pra que ser tão chato?

 

acabou a aula,

“vou sair dessa jaula

esqueceram um caderno em cima da mesa

vou entregar pra ela, ela vai ficar surpresa!”

sai correndo atrás da ‘mina’

a mente já alucina

mesmo gritando ela nem olha

uma lágrima já o molha

“mas como é que ela não me vê?

me apresentei onde na matinê”

  Continuar lendo

Paquera

gato shrek

Esses dias, encontrei um rapaz na rua com quem eu tinha conversado algumas vezes no Facebook e que parecia “bem interessado” na minha pessoa. Por consideração, cumprimentei o infeliz. Mas sabe quando a gente percebe que a criatura não faz a mínima ideia de quem somos? Ele deve estar até agora pensando “mas da onde era aquela menina?!”

Eu, claro, excluí ele do Facebook, Watsapp, deixei de seguir no Twitter, bloqueei no chat, no Instagram, excluí do Skype, na verdade, excluí o Skype e pedi meus móveis do Habbo de volta.

Lição: Rapazes, não tentem arrumar namorada paquerando um monte de meninas ao mesmo tempo. É impossível lembrar de 50 rostos (a média desses desesperados), principalmente quando nunca viu nenhum ao vivo!

Gafe

Toda mulher tem um sonho obscuro: que um dia algum homem cometa uma gafe porque se distraiu nos admirando, sendo mais clara, bata a cara numa árvore mas pode ser outros tipos de fiasco também.

gafe
que vergonha dessa blogueira gente… é cada postagem que eu vou te dizer viu!

E, finalmente, depois de 19 anos de existência e paciente espera, isso aconteceu comigo. Sério!

Eu estava andando na rua, o cara olhou para mim e, logo em seguida, derrubou o capacete no chão. Deu aquele “estalo” e o capacete foi quicando… Como estávamos numa descida, ele foi rolando… e o dono dele correndo atrás.

Hilário! Me senti mal depois, mas foi por uma boa causa que isso aconteceu. Espero que ele entenda… Continuar lendo