Filas

filaOdeio filas.

Não odeio sem razão, na verdade, eu não odeio nada sem razão, somente os urologistas.

As filas, como dizia, são chatas e, além disso, nos deixam sem jeito. Não sei se fico olhando pro chão, pra rua, para os móveis do local, paredes, teto, etc. Somente uma coisa eu sei e te aconselho: nunca olhe para as pessoas, principalmente se você estiver numa típica fila brasileira, onde as pessoas estão tão juntas que chegam a se encaixar e se alguém fizer um movimento brusco todo mundo cai. Já viu isso? Eu também não…

Mas, em todo o caso, não é bom olhar para os outros mesmo, eles estão muito perto, entende? Uma única olhadinha pode causar muitas coisas, desde sapinho, até conjuntivite, beijos, bochechadas, cabeçadas… AIDS, hepatites, vermes, catapora… vontade de rir, chorar, gritar, ir embora.

O constrangedor mesmo é quando a gente já ficou horas na bendita fila indiana e, quando vamos embora, percebemos que um conhecido estava atrás, mas logo atrás mesmo: lembra que eu disse que as pessoas ficam encaixadas? Então, era ele mesmo que estava cutucando sua…

Daí você dá aquele chauzinho meio sem graça e diz “ah, era você que estava aí! Desculpe pelo tapa, é que sou meio sensível nessa parte do corpo… e desculpe pelo empurrão também, achei que era alguém tentando furar a fila…ah, você estava tentando falar comigo, queria se fazer notar?! Tadinho! Foi mal aí, é que não me sinto muito à vontade com muita gente na frente e atrás… sou claustrofóbico!

Anúncios

4 comentários sobre “Filas

Diga o que pensa, me faça sorrir também! ;D

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s